3 empresas que utilizam business intelligence e obtiveram sucesso

De acordo com dados publicados pela IDC, até 2013, o mundo contava com cerca 4,4 trilhões de gigabytes no mundo. Essas informações têm crescido ano após ano, e é estimado que, em 2020, haja cerca de 44 trilhões: 10 vezes mais do que em 2013. Usar tais dados produzidos pelo Big Data em soluções de gestão e produção empresarial é o segredo do sucesso de empresas que utilizam Business Intelligence (BI) de forma estratégica.

O Business Intelligence nada mais é do que a utilização de dados estruturados, como informações demográficas e geográficas, ou não estruturados, como comportamentos de consumo ou de utilização de sites e aplicativos, para gerar inteligência de mercado.

Assim, é possível otimizar a tomada de decisão, conhecer melhor seus clientes, traçar planos de marketing, gerenciar riscos de investimentos financeiros e, até, criar novos produtos na indústria. Continue lendo e saiba mais sobre os cases de sucesso de 3 empresas que utilizam Business intelligence!

1. Seleção Alemã na copa do mundo

O case de empresas que utilizam Business Intelligence mais inusitado é o da Seleção da Alemanha na Copa do Mundo do Brasil, em 2014, quando ela foi campeã do campeonato.

Utilizando uma ferramenta de BI, eram coletados dados dos jogadores durante os jogos, como velocidade em campo, quilômetros percorridos e números de jogadas. Com essas informações, a comissão técnica escolhia os jogadores mais aptos, física e taticamente, para compor o time titular, além de saber quais formações poderiam ser otimizadas em jogo, quais fraquezas deveriam ser debeladas e quais qualidades exploradas.

Atualmente, times de diversos países usam essa tecnologia para obter mais assertividade em jogos, explorando o desempenho dos seus melhores atletas.

2. Avon

A Avon é uma empresa americana do ramo de cosméticos e conta com números que impressionam: mais de 130 anos de história e seis milhões de revendedoras no mundo inteiro. É uma empresa que vende produtos criados e distribuídos pela própria marca. Mais de um milhão dessas vendedoras estão no Brasil e faturam mais de cem mil pedidos todos os dias.

Para aumentar a eficiência da Avon Brasil, a empresa realizou a implantação do BI durante 18 meses. Antes, as tomadas de decisão eram feitas por experiências e percepções dos gestores, e não dados concretos. Além disso, as informações coletadas em fontes diferentes eram conflitantes e pouco seguras.

A partir da implantação do Data Warehouse e a adoção de métricas de desempenho do negócio, foi possível realizar o monitoramento das estratégias traçadas, identificar oportunidades de novos negócios e realizar uma mudança na cultura da empresa.

3. Toyota Estados Unidos

A Toyota Estados Unidos possuía computadores que faziam inúmeros relatórios imprecisos, dificultando a tomada de decisões rápidas. A administração não conseguia controlar números com exatidão, o que começou a atrapalhar a própria logística empresarial.

A conclusão foi implementar uma solução de BI integrada a todos os serviços da montadora, como no custo da fabricação e tempo de trânsito dos carros, além de otimizar a carga de trabalho dos funcionários. Com essa eficiência gerada, o retorno sobre o investimento realizado com a implantação da solução foi de 506%.

Esse case do uso de BI mostra também como os dados são usados no novo modelo de Indústria 4.0. Esse conceito surgiu na Alemanha, por uma associação entre governo e mercado, para desenvolver fábricas locais.

Ele baseia-se na convergência entre os robôs, internet e inteligência de dados. Enquanto a revolução digital colocou os robôs nas fábricas, ela os conectou via web e automatizou processos remotamente: a chamada IoT (internet das coisas).

Esses exemplos de empresas investiram em estruturas com soluções eficientes de BI, profissionais especializados na área, além de confiabilidade na coleta e armazenamento desses dados. Esses pontos são cruciais, caso sua empresa queira implantar estratégias guiadas por análise de dados.

Agora você conhece algumas empresas que utilizam business intelligence. Implantar esse tipo de processo pode ser trabalhoso e demorado nas empresas, por isso, existem assessorias especializadas, com experiência e respeitabilidade no setor. Isso diminui a incidência de erros, confere mais confiabilidade e agilidade na implantação de ferramentas de BI.

Quer saber mais como a Think Consulting pode ajudar sua empresa a ser mais competitiva e rentável por meio do Business Intelligence? Entre em contato conosco agora!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This