Qual a diferença entre business intelligence e data science?

Você sabe diferenciar Business Intelligence e Data Science? Muita gente confunde esses dois conceitos porque ambos têm muito em comum, como, por exemplo, lidar com dados para extrair as informações relevantes para um negócio.

Mas o que torna Business Intelligence e Data Science distintos? Descubra!

O que é Business Intelligence?

O Business Intelligence (BI) pode ser explicado como um conjunto de tecnologias, práticas e aplicações que ajudam um negócio a coletar, analisar, integrar e apresentar os dados coletados ao longo dos anos. Mas até aqui temos uma visão muito vaga do conceito para realmente entendê-lo na prática.

Devemos considerar o objetivo do Business Intelligence para discerni-lo. BI é um recurso que ajuda a dar suporte para a tomada de decisões no negócio. Ele funciona, essencialmente, como um sistema decisório direcionado por dados.

Os softwares de BI apresentam informações históricas, atuais e preditivas sobre os processos e as operações de um negócio. Para isso, eles utilizam um armazém de dados que junta todos esses tipos de informação para oferecer uma visão clara deles, por meio de sistemas com painéis interativos.

O que é Data Science?

Data Science, por outro lado, não é um software nem um recurso que a sua empresa pode adquirir. Trata-se da disciplina estudada pelos cientistas de dados. Ela é composta de inferência, desenvolvimento de aplicativos e o uso intenso de tecnologia para analisar problemas complexos.

Do mesmo modo que acontece no BI, o cerne do Data Science são os dados. Mas a maneira como eles são abordados é diferente.

Enquanto o cientista de dados prepara as informações que uma empresa tem, organizando-as e escolhendo a maneira mais adequada de utilizá-las, o analista de BI absorve esses dados para construir insights a partir deles. Entretanto, o papel do cientista de dados não para por aí, ele também é responsável por criar algoritmos. Logo, suas tarefas estão intrinsecamente conectadas com a análise preditiva.

Portanto, podemos dizer que tratam-se de tecnologias que se complementam.

Qual deles escolher?

São as necessidades da sua empresa que vão definir se a prioridade é investir em Data Science ou em Business Intelligence. Mas o ideal é que ela use os dois.

O Data Science utiliza outras ciências para extrair significado dos dados que uma empresa já tem, que são geralmente amplos e complexos. Isso permite que o cientista de dados trabalhe, também, prevendo a lucratividade e maneiras de otimizá-la no futuro.

O Business Intelligence lida mais com o presente, utilizando dados anteriores para reportar a performance do negócio.

Como já foi dito, ambos são focados em dados, mas de formas diferentes. Os dois interpretam informações, porém partindo de princípios distintos.

Se o seu objetivo é tomar decisões mais assertivas agora, o Business Intelligence é o recurso a se priorizar. Mas se você quer antecipar como essas decisões influenciarão o futuro da empresa a longo prazo, o ideal é investir em Data Science.

Business Intelligence e Data Science não precisam ser mutuamente excludentes. É possível obter mais benefícios para a sua empresa aliando os dois. Considere essa possibilidade e busque um especialista para acompanhá-lo na tarefa.

E aí, acha que está pronto para explicar para os seus amigos as diferenças entre Business Intelligence e Data Science? Ainda precisa entender melhor essas tecnologias? Siga a Think Consulting no LinkedIn e no Twitter para receber nosso conteúdo com exclusividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This